18/01/09

Movimentação, transporte e armazenagem de cargas- Pallet

Pallet é uma unidade semelhante a um estrado, plano, construído principalmente de madeira, podendo, porém, ser também de alumínio, aço, plástico, fibra, polipropileno, com determinadas características para facilitar a unitização, armazenagem e transporte de pequenos volumes.

Os pallets podem ser descartáveis, ou seja, construídos para serem utilizados em apenas uma viagem (one way), ou para uso constante. A adoção de cada tipo depende da logística escolhida, que envolve um estudo sobre custos e o seu retorno.

O pallet tem de ser suficientemente resistente e adequadamente construído, oferecendo segurança para:
- sustentar, em repouso ou quando movimentada, a carga que sobre ele é depositada;
- permitir a manipulação e a movimentação da carga unitizada por meio de equipamento mecânico apropriado, tanto em terra quanto nos veiculos transportadores, e nos embarques e desembarques.

As medidas e as características físicas do pallet a ser escolhido devem ser tais que se
adaptem ás várias fases do transporte e aos diferentes tipos de equipamentos mecânicos em
operação nos portos de carga e descarga, de forma que a movimentação da carga unitizada se
realize com rapidez e segurança.

A uniformidade e as medidas dos volumes a serem paletizados são de grande importância para
produzir uma carga unitizada, bem enquadrada em seus quatro lados, e nivelada na sua face
superior, para permitir a melhor ocupação do espaço do veículo transportador.

A princípio, qualquer carga é paletizável, desde que adaptada ao pailet e economicamente viável.

A amarração dos volumes para constituir uma carga unitizada rígida deve ser feita através do
emprego de cintas, que podem ser de nylon, polipropileno, poliéster, metálicas, complementadas,
às vezes, por tábuas e sarrafos de madeira e folhas de papelão, bem como sacos ou filmes
plásticos encolhíveis (shrink), ou filmes estíráveis de polietileno (stretch), que são esticados e
colocados sobre a carga.
Os filmes e os sacos têm a finalidade, também, de evitar o furto de volumes que, neste caso,
somente será efetivo se estes materiais forem danificados. Poderão ser utilizadas cantoneiras, para proteger a mercadoria paletizada, sendo colocadas nos quatro cantos da pilha realizada sobre o pallet.
É conveniente que a carga, uma vez arrumada e fixada, sobressaia igualmente nas quatro laterais do pallet para evitar que, na sua movimentação, as suas bordas danifiquem outras mercadorias.

Conforme definia o Acordo de Tarifas de Frete Brasil / Peru / Brasil: “Para cargas de formatos
irregulares ou frágeis, como sacos, a paletização deve ser complementada por uma cobertura
rígida, plana e paralela à face inferior do pallet, que deverá suportar as cintas de amarração,
impedindo os esforços centrados e cortantes sobre a carga, protegendo-a, também, na operação
de empilhamento”.
Os pallets deverão ser identificados com marcações, demonstrando o destino e o destinatário,
entre outros detalhes, é, no caso de mercadorias perigosas, terão de ser identificados
convenientemente, através das marcações padronizadas internacionalmente, a fim de que o seu
manuseio seja facilitado e não traga perigo àqueles que os estão manipulando. Existem símbolos
para todos os tipos de carga, com cores identificando a sua periculosidade, de modo que quem os
manuseie possa reconhecer cada carga e manejá-la dentro dos padrões adequados.

A paletização de cargas traz muitas vantagens, dentre as quais, melhor aproveitamento dos
espaços nos armazéns, principalmente os verticais; agilização na movimentação da carga e nas
operações de embarque e desembarque; redução do custo de movimentação; diminuição de
roubos; manipulação segura da carga; simplificação do controle das mercadorias; redução das
estadias dos veículos transportadores nos pontos ou portos de embarque e desembarque.

Os pallets são movimentados nos armazéns por paleteiras e empilhadeiras. Nos embarques e desembarques em caminhões ou vagões ferroviários são utilizadas empilhadeiras, e
nos portos são usados guindastes, tanto do navio quanto do porto, que possuem ganchos, C Hook,
lingas e outros equipamentos específicos para sua movimentação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Notícias

Loading...